UFGD servirá de modelo para desmembramento da UFG

Avanço da UFGD nesses 11 anos servirá de referência para o projeto de criação de nova universidade no interior de Goiás
A Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD vai servir de modelo para o desmembramento da Regional de Jataí, hoje vinculada à Universidade Federal de Goiás (UFG). A comissão de transição, composta por dez servidores entre técnicos administrativos e docentes, está em Dourados para uma visita técnica nesta segunda e terça-feira (30 e 31/05).
Na manhã de segunda, a reitora da UFGD, professora doutora Liane Calarge, e o Chefe de Gabinete da Reitoria, professor Henrique Sartori, receberam os membros da comissão, momento em que apresentaram a equipe da administração central, colocando-a à disposição para visitar as unidades da Universidade, bem como seus projetos e programas.
Na oportunidade, a reitora destacou a responsabilidade de se criar uma universidade e colocá-la nos trilhos da Educação Superior no Brasil. "Eu espero que os nossos erros sejam acertos para vocês". Dentro da UFGD, a comitiva vai conhecer as experiências dos servidores que na época participaram da construção da Instituição ao longo desses 11 anos e conhecer a Universidade que vem recebendo do Ministério da Educação, a avaliação de melhor Instituição de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul.
O diretor da Regional de Jataí, professor Alessandro Martins, enfatizou que esses anos de UFGD vão contribuir como aprendizado e a expectativa da visita técnica é positiva pela responsabilidade que a Universidade possui. "Queremos aprender com vocês, usar os métodos adequados na expectativa de construção da Universidade Federal de Jataí", disse.
O Chefe de Gabinete da Reitoria, professor Henrique Sartori, apresentou um histórico da UFGD desde a sua implantação, com o Centro Pedagógico de Dourados, isso em 1970, até os dias de hoje, suas Unidades Acadêmicas, bases de estudos, programas de graduação presencial e a distância, de pós-graduação, números de servidores e orçamento.
Henrique Sartori também mostrou algumas das campanhas publicitárias criadas para a comunidade acadêmica, a busca de parcerias da UFGD com importantes instituições e empresas estratégicas para o desenvolvimento da Universidade, e as novas ações já implementadas em 2016, como a criação da Prefeitura Universitária, o Plano de Gestão Ambiental e as novas atividades para a melhoria dos processos licitatórios e das tecnologias de informação.
Como convidado da manhã, o ex-reitor, professor Damião Duque de Farias, falou sobre o processo de desmembramento da UFGD, bem como sua construção interna, lutas políticas, negociações com a Instituição mãe, na época a UFG, e sobre a criação da Universidade, seus desafios e perspectivas. "O projeto de criação da instituição de vocês é um passo importante para a base do projeto de lei de criação da Universidade Federal de Jataí. E nesse projeto, são fundamentais constar a estruturação física e a elaboração de obras, juntamente com uma relação adequada entre servidores e estudantes", enfatizou o ex-reitor.
A Comissão de desmembramento da UFG – Jataí é composta por dez servidores, entre eles o Diretor da Regional, Alessandro Martins; o Assessor de Inovação Tecnológica Danival Vieira Freitas; a Assessora de Assuntos Interinstitucionais, Eliana Melo Machado Moraes; o Coordenador de Extensão, Paulo Roberto Rodrigues Meira; o Coordenador de Administração e Finanças, Marcos Wagner de Souza Ribeiro; o Coordenador de Graduação, Sandra Aparecida Benite Ribeiro; a Coordenadora de Recursos Humanos, Leonor Paniago Rocha; o representante do Sindicato dos Técnicos Administrativos, Wenler Borges Santos; o representante da Associação dos Docentes, Luis Antônio Serão Contrin e o represente da Seção Sindical dos Docentes - ADCAJ, Eva Aparecida de Oliveira.
PROGRAMA
Na segunda-feira, o grupo visitou as instalações da Universidade localizadas na Unidade 2. Já terça-feira, as atividades envolvem apresentação das Pró-Reitorias PROAP e PROGESP, incluindo a elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI, estatutos, regimentos, a organização da estrutura física e de pessoal e a estrutura atual da UFGD. Além disso, a comitiva participará de reuniões setoriais entre equipes de ambas as universidades.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados