IFMS abre concurso público com 60 vagas para técnicos-administrativos



O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) publicou nessa quarta-feira, 6, o edital de abertura do concurso público para o preenchimento de 60 vagas para técnicos-administrativos em educação. O documento está disponível na Central de Seleção do IFMS (www.ifms.edu.br/centraldeselecao) e na página do Instituto Brasil (www.institutobrasil.net.br), organizadora do certame.

São 17 vagas de nível superior para os cargos de Analista de Tecnologia da Informação (1), Assistente Social (1), Bibliotecário/Documentalista (2), Economista (1), Nutricionista (1), Tecnólogo em Gestão Pública (4), Tecnólogo em Produção Audiovisual (1), Técnico em Assuntos Educacionais (5) e Tecnólogo em Produção Cultural (1).

Para os cargos de nível médio, são 41 vagas distribuídas entre Assistente de Administração (10), Diagramador (1), Técnico de Laboratório de Química (5), Técnico de Laboratório em Informática (6), Técnico de Laboratório de Biologia (1), Técnico de Laboratório de Metalurgia (1), Técnico em Tecnologia da Informação (5), Técnico em Alimentos (1), Técnico em Audiovisual (2), Técnico em Contabilidade (2), Técnico em Edificações (1), Técnico em Secretariado (2), Tradutor e Intérprete de Libras (4).

Para os cargos de nível C, que exigem ensino fundamental, são duas vagas para Auxiliar de Biblioteca.

O candidato aprovado e nomeado poderá exercer suas atividades em qualquer um dos campi do IFMS. Atualmente, as unidades funcionam em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

A distribuição ficará condicionada à classificação no concurso. O candidato chamado terá a opção de ir para o final da lista de aprovados, caso não queira assumir o cargo para o local designado.

Inscrições – Devem ser feitas de 18 de julho até 7 de agosto, exclusivamente pela internet.

Os candidatos que não têm acesso à internet poderão procurar os campi do IFMS, portando os documentos necessários, para fazer a inscrição por meio de um computador conectado à internet e disponibilizado pelo Instituto. Os endereços e horários estão dispostos no edital.

Após fazer a inscrição, é necessário imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU) e pagar a taxa de inscrição em qualquer agência do Banco do Brasil. Não serão aceitas outras formas de pagamento, como transferências eletrônicas, depósitos por envelope, cheques e cartões de crédito ou débito. O prazo de pagamento é 8 de agosto.

O valor é de R$ 100,00 para os cargos de nível superior, R$ 80,00 para os de nível intermediário e de R$ 60,00 para os de nível básico.

Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição entre 18 e 20 de julho. É necessário preencher e enviar o Requerimento de Isenção (Anexo IV do edital) para o e-mail contato@institutobrasil.net.br.

O comprovante de inscrição e/ou de pagamento da taxa deve ser mantido em poder do candidato e apresentado nos locais de realização da prova ou quando solicitado.

A divulgação da prévia de candidatos inscritos está prevista para 11 de agosto.

Provas – Serão realizadas no dia 4 de setembro, exclusivamente nas cidades de Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. O candidato deve informar no ato da inscrição o local em que deseja prestar o concurso. O lugar escolhido não poderá ser alterado posteriormente.

A prova objetiva terá caráter eliminatório e classificatório. Será composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo dez de Língua Portuguesa, cinco de raciocínio lógico, cinco de informática, cinco de legislação e 20 de conhecimentos específicos.

Para ser considerado aprovado, o candidato precisa alcançar 60 pontos e não zerar em nenhuma disciplina.

O resultado final deve ser divulgado no dia 30 de setembro.

Cotas – O IFMS disponibilizou vagas para portadores de deficiência e pessoas que se autodeclararem negras. A opção para concorrer no regime de cotas deve ser feita no ato da inscrição.

As vagas para portadores de deficiência representam 5% do total das ofertadas no concurso. Para aqueles que se autodeclararem negros, estão reservadas 20% das vagas, quando o número ofertado no cargo for superior a três.

Nomeação – Para assumir a vaga após a aprovação no concurso, é necessário que o candidato tenha idade mínima de 18 anos na data da posse, aptidão física e mental comprovada por exame médico admissional, além de possuir a escolaridade profissional exigida para o cargo ao qual concorreu, de acordo com as exigências do edital. Outros requisitos constam no edital de abertura.

Os salários variam de R$ 4.124,54 para classe E (nível superior), R$ 2.633,17 para classe D (nível médio) e R$ 2.197,04 para classe C (nível fundamental).

O regime de trabalho para os cargos será de 40 horas semanais. A jornada poderá ocorrer durante o turno diurno e/ou noturno, de segunda a sábado, de acordo com as especificidades do cargo e as necessidades do IFMS.

O concurso público terá validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final no DOU, prorrogáveis por igual período a critério do Instituto. Todos os horários que constam nos editais têm como referência o horário oficial de Mato Grosso do Sul.

Contato – Em caso de dúvidas, o contato pode ser feito com a Central de Atendimento do Instituto Brasil, organizadora do certame, por meio do e-mail contato@institutobrasil.net.br ou dos telefones (45) 3326-1928 e (45) 9821-5390.

 

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados