Délia diz que vai interceder por recursos para a Guarda Mirim

Em reunião na manhã desta terça-feira, a prefeita de Dourados Délia Razuk, recebeu a diretoria da Guarda Mirim para ouvir as demandas da entidade que atende menores em caráter socioeducativo e anunciou que vai interceder junto ao Governo do Estado para que recursos prometidos em 2015 para a reforma da sede sejam liberados.
O prédio onde funcionava a antiga Patrulha Mirim foi cedido por 20 anos a Guarda Mirim e a reforma, segundo João Gutemberg Pessoa Frazão, presidente da entidade, foi prometida por Reinaldo Azambuja.
Esta é a principal reivindicação e visa a ampliação do atendimento da Guarda Mirim, hoje com abrangência a 90 crianças. Segundo a diretoria, pelo menos o dobro de alunos poderia ser atendido se a reforma ocorrer. O espaço conta com quadra esportiva, sala de aula, espaço de lazer, cozinha e sanitários. Atualmente, a Guarda Mirim está inserida na estrutura do estádio Fredis Saldivar, o Douradão. "Na nossa sede há espaço também para ampliação, caso a reforma ocorra, este é o nosso próximo objetivo", disse João Frazão.

A prefeita agradeceu a visita e disse que intercederá junto ao governador para que a verba para reforma da sede da Guarda Mirim seja repassada e, assim, a obra inicie. "É uma satisfação recebe-los. Gostaria de parabenizar a todos por esta grande contribuição com a sociedade douradense. Sei que vocês buscam fazer o melhor pela formação do caráter cidadão de nossas crianças. Vocês ajudam muito o município", disse a prefeita.
Demais pedidos da diretoria da Guarda Mirim foram devidamente recebidos e a prefeita determinou análise para possível contribuição da Prefeitura de Dourados. "Vamos fazer estudo de viabilidade e o que for possível a Prefeitura vai atender", disse a prefeita.
A diretoria da Guarda Mirim colocou o plantel à disposição da Prefeitura de Dourados para participar dos projetos de recuperação das nascentes na cidade, desejo antigo da prefeita Délia Razuk e que já tem recebido atenção especial do Instituto do Meio Ambiente e entidades da sociedade civil.
A entidade tem apresentado resultados significativos e conta já com duas turmas formadas. Há parcerias, por exemplo, com o Instituto Federal, para garantir qualificação aos alunos.
No entanto, o que tem sido mais importante é o impacto socioeducativo que atinge diretamente pelo menos 120 famílias dos menores assistidos pela Guarda Mirim. "Ali estão sendo formados os futuros agentes públicos, policiais, médicos, enfim, a sociedade", disse o presidente João Frazão.
O vereador Jânio Miguel também participou da reunião e disse que encaminhará pedidos durante sessão legislativa na Câmara de Vereadores.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados