Geraldo viabiliza 40 obras para Dourados em 2017

Dourados tem nada menos que R$ 43 milhões em recursos federais que estão sendo aplicados ou em vias de serem repassados ao Município ou ao Estado, como resultado do trabalho do deputado federal Geraldo Resende (PSDB). Essas verbas são destinadas a ações nas áreas de educação, saúde, segurança pública, asfalto/drenagem, assistência social, lazer e turismo.
Algumas dessas ações estão em vias de ser entregues à população nas próximas semanas, enquanto outras deverão ter início nos próximos meses. Os investimentos foram articulados por Geraldo Resende em parcerias com o Município e com o governo do Estado, em entendimentos com o governador Reinaldo Azambuja.
Os recursos foram garantidos no Orçamento Geral da União dos anos 2015 e 2016. Na realidade, o valor total dos investimentos deverá ultrapassar os R$ 60 milhões porque o governo estadual comprometeu-se em investir, em recursos próprios, idêntico valor àqueles conquistados pela bancada federal em forma de contrapartida.

Saúde
Para a área de saúde, Geraldo garantiu junto ao Ministério da Saúde em parceria com o governo do Estado, R$ 6,9 milhões para a construção dos Centros de Diagnóstico (Centro de Imagens) e de Especialidades Médicas de Dourados, cujas obras devem começar ainda no primeiro semestre deste ano. Deste total, R$ 3,39 milhões, são fruto de emenda individual ao Orçamento Geral da União (OGU) 2015, empenhada em dezembro daquele ano; os R$ 3,5 milhões restantes são oriundos do OGU 2016, empenhados em julho passado.
Para a construção do Instituto da Mulher e da Criança - IMC, estão garantidos R$ 3 milhões, oriundos de uma emenda individual ao Orçamento da União/2016, isso sem contar as emendas de outros parlamentares sul-mato-grossenses, que atenderam à solicitação de Geraldo e indicaram recursos que somam mais R$ 4,2 milhões para o projeto que será executado pela EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Universitários) e pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).
Há também o compromisso do Ministério da Saúde em liberar R$ 15,9 milhões para o início das obras da primeira etapa do Hospital Regional de Dourados, numa articulação feita em conjunto com o governo do Estado, o qual tem o compromisso de aplicar uma contrapartida inicial de R$ 6,7 milhões. Ao todo, a primeira etapa do projeto contará com cerca de R$ 23 milhões. O Hospital Regional atenderá um raio de 34 municípios na região da Grande Dourados.
Outra unidade hospitalar que está sendo ampliada e reformada a partir da articulação de Geraldo é o Hospital da Vida, que tem recursos garantidos da ordem de R$ 2,09 milhões desde o ano de 2007.
Outras áreas
Em relação à infraestrutura (asfalto e drenagem), Geraldo garantiu junto ao Ministério das Cidades, recursos da ordem de R$ 3,9 milhões para novas frentes de asfalto. O governo do Estado, por sua vez, vai aplicar outros R$ 3,9 milhões, o que vai beneficiar cerca de 16 bairros. O parlamentar também garantiu R$ 1,2 milhões para asfalto e drenagem no Jardim Monte Líbano. Destas frentes, três já tiveram início: na Vila Cachoeirinha, no Jardim Carisma/Estrela Hory e no Jardim Canaã IV.
Na área de turismo, Geraldo garantiu R$ 975 mil para a implantação do complexo esportivo Zé Tabela, com o compromisso do governo do Estado de aplicar o mesmo valor como contrapartida. No mesmo segmento, há R$ 487 mil empenhados para a revitalização da Praça Antonio Alves Duarte (Praça do Evangélico), na primeira etapa, e mais R$ 975 mil para a segunda etapa. A proposta foi cadastrada junto ao Governo Federal pela Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, prevendo investimentos de R$ 2 milhões.
Também há outros R$ 389 mil empenhados para a revitalização da Praça do BNH 2.º Plano. Neste projeto há o compromisso do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) em investir mais 90%, totalizando um investimento em R$ 818,3 mil.
No setor educacional, já estão empenhados R$ 671 mil, oriundos de uma emenda individual ao Orçamento da União/2016 junto ao Ministério da Educação, que vão possibilitar à Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) construir a biblioteca da Faculdade de Direito e Relações Internacionais (FADIR).
Nas últimas semanas, tiveram início as atividades de duas escolas estaduais de ensino médio articuladas por Geraldo em parceria com o governo do Estado: a Escola da Vila Roma II e do Distrito de Indápolis. Uma terceira está sendo construída no Conjunto Dioclécio Artuzi.  No total, estão sendo investidos nessas três obras em construção, mais de R$ 11,5 milhões, entre recursos federais e estaduais.
Outra escola viabilizada por Geraldo e que será inaugurada nos próximos dias é a unidade do Brasil Profissionalizado, construída nas proximidades do Parque Ambiental do Córrego Rego d'Água a um custo de R$ 7,5 milhões, entre recursos estaduais e federais.
Geraldo também viabilizou a construção de uma nova quadra de esportes para a Escola Menodora Fialho de Figueiredo, além de recursos para a construção de 10 Academias da Saúde, a maioria delas aguardando a continuidade das obras por parte do Município.
Na área de segurança pública, está praticamente concluída a obra da Delegacia de Defesa da Mulher, construída ao lado do Parque do Rego d'Água, viabilizada por uma emenda individual de R$ 800 mil, em área doada pelo Município e contrapartida do governo do Estado.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados