Secretário fala em emissora de rádio sobre potencial cultural de Dourados

- Segundo ele, a prefeita Délia quer fortalecer atividades culturais e aproximar as pessoas  
Fortalecer as atividades culturais já existentes em Dourados a ampliá-las é a busca da gestão de Délia Razuk e com isso a Secretaria de Cultura tem atuado em parceria com outras secretarias e na elaboração de projetos desde os primeiros dias da administração. No projeto Bairro a Bairro desenvolvido pela Prefeitura as atividades no segmento foram um grande diferencial e outras já estão sendo planejadas, como as que acontecerão na 13ª Festa do Peixe.
O Secretário de Cultura Gil Esper destacou na manhã deste sábado (18) em entrevista à Rádio Grande FM 92.1 que o trabalho realizado pela administração visa fortalecer a cultura local e aproximar a população desta.

Na oportunidade, ele ressaltou que "Dourados tem um potencial cultural enorme, com grandes artistas e um mercado consumidor de cultura que precisa ser trabalhado".
Para a já tradicional Festa do Peixe que acontecerá de 12 a 16 de abril no parque Antenor Martins e no parque Primo Fioravante, Esper destacou novidades que a secretaria irá levar ao público, tendo em vista inovar nas apresentações.
"Está sendo elaborada pela administração uma festa maior, com ações ampliadas nos dois parques e além dos shows musicais que já ocorrem, vamos levar teatro de rua, intervenções circenses e oficinas", pontuou.
Ele falou ainda sobre a busca da reestruturação de atividades culturais  e implantação de novas em diversos pontos do município.
"Nós vamos retomar o Nace para que leve ações importantes a comunidade e criar oficinas de arte nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e polens do município nos bairros", citou.
Outras estruturações que serão feitas na gestão por meio da elaboração de projetos e busca de recursos também foram citadas por Esper como a revitalização da Usina Velha, reforma do Museu de Dourados, fomento a cultura indígena, intervenções artísticas na Feira Livre e retomada do Carnaval.
Um mapeamento dos artistas locais tem sido realizado por meio de parcerias, conforme o secretário. Ele ressaltou sobre a importância de trabalhar o incentivo com estes.
"Temos que buscar esses artistas, apoiá-los e valorizá-los", enfatizou.
Jorjão - Projetos desenvolvidos no "Jorjão"- Centro Popular de Cultura Esporte Lazer - foram destacados na entrevista, a qual contou também com a participação de Jorge Augusto Ramos Lopes, o Peu, diretor do Centro.
Ele destacou a importância das ações conjuntas com a Cultura e falou sobre as diversas atividades esportivas que já estão sendo oferecidas no local e "abertura do leque cultural" que será feita.
"Nosso objetivo é trazer a cultura para o complexo e para isso temos colocado ações para toda a população douradense. Já acontece a natação, sendo que o esporte atende a bebês e autistas, vamos oferecer aulas de violão, coral e canto e dança do ventre em breve e seguiremos na busca de trazer ainda mais atividades", ressaltou.
No local, a partir das 16h deste sábado (18) acontece o "Jorjão Folia" com temática de Carnaval e muita festa para toda a comunidade.
O diretor aproveitou para enfatizar que as atividades no Jorjão são gratuitas para toda a população. Ele citou sobre a criação de "polos" do complexo em outros bairros para expandir o trabalho da prefeitura.
"Vamos estar presentes em breve em locais como a praça do Cinquentenário, cepers, entre outros pontos de lazer e oferecemos a zumba de início com outras ações posteriores" disse.
Para mais detalhes sobre inscrições em atividades no Jorjão, o telefone é: (67) 3411-7799.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados