Projeto Agrega amplia parceria com adesão da Anhanguera

A prefeita Délia Razuk recebeu na manhã desta quinta-feira representantes da Faculdade Anhanguera, convidados a participar do Projeto Agrega, difundido pela Prefeitura de Dourados com vistas a melhorar o ambiente escolar e serviços prestados pela administração.

O professor Cristiano Miranda Cupertino, diretor da Unidade, e as professoras Ângela Gonçalves, coordenadora Acadêmica, e Sirlene Santos, coordenadora de Educação à Distância, se prontificaram a participar das ações do projeto junto com a Prefeitura, em um primeiro momento, dispondo de ações dentro dos cursos de pedagogia, psicologia e serviço social, que vão atender escolas do município.

O diretor da unidade em Dourados se colocou à disposição para firmar parceria e agradeceu a receptividade da prefeita. "Queremos abraçar Dourados. A cidade precisa disso. Sou diretor da unidade há mais de 2 anos e tivemos esta importante reunião já neste início de nova administração e eu agradeço", disse, reiterando a importância de parcerias sem ônus para o município e com abertura de campo de estágio para a universidade.


A prefeita Délia reforçou o intuito primordial do Projeto Agrega, que é utilizar na aplicação prática o conhecimento que todas as universidades de Dourados possuem. "Queremos aproximar estas unidades de ensino superior da administração de modo que contribuam com a sociedade e recebam em troca o conhecimento prático para os formandos", disse.

Segundo a coordenadora do projeto, Audrey Milan, o projeto é, neste primeiro momento, um mecanismo de atuação na educação básica que ajuda a comunidade escolar a pensar nos problemas pontuais ou sociais que enfrenta. "O projeto visa ampliação para outras áreas da administração, como a saúde, por exemplo, e resgata um pensamento de unidade, de todos juntos pelo melhor", disse.

A gestão com parcerias em meio à crise pela qual as instituições executivas passam, segundo a prefeita Délia, é a maneira mais saudável e de empreender ações que vão sanar problemas e ajudar a sair da própria crise. "Estamos abrindo o leque de ação e vamos buscar mais parcerias como esta, vislumbrando uma abrangência regional tal qual é a abrangência de atuação das próprias universidade. O projeto Agrega é muito maior do que se imagina", finalizou a prefeita.

AGREGA
O Projeto Agrega consiste na parceria sem custo entre a Prefeitura de Dourados e universidades para por em prática ações que vão beneficiar a educação básica, a princípio, em 5 unidades de ensino do município.

O projeto é idealização da prefeita Délia Razuk que pensou na instituição de equipes multidisciplinares com acadêmicos das universidades de Dourados para contribuir com a comunidade da cidade.

As escolas Frei Eucário, Iria Lucia, Maria da Conceição, Etalivio Penzo e o centro de educação infantil Geni Ferreira Milan, são os primeiros estabelecimentos que recebem acadêmicos já no próximo dia 15 de maio. Eles visitarão as unidades nas segundas e quartas-feiras.

O curso de psicologia da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) foi o primeiro a aderir e, com a integração da Anhanguera, é possível que mais unidades de ensino recebam as ações. O objetivo é contar, também, com as demais instituições de ensino superior da cidade.


Foto: A. Frota

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados