UFGD e Prefeitura fazem parceria para beneficiar cinco escolas municipais

Algumas crianças têm dificuldades de aprendizado por conta de barreiras emocionais e psicológicas, que podem ter como causa o ambiente escolar, familiar ou acontecimentos traumáticos. Para detectar e prevenir essas situações, as escolas podem contar com profissionais da área de Psicologia.

Pensando nisso, a Prefeitura de Dourados e a Universidade Federal da Grande Dourados lançaram hoje (09) uma parceria. Estudantes do curso de Psicologia vão atuar em cinco escolas públicas da cidade. Assim, os acadêmicos terão oportunidade para realizar atividades práticas das disciplinas de Estágio de Formação de Professores e de Estágio de Psicologia Escolar 1 e 2.

De acordo com a professora da disciplina de Estágio de Formação de Professores, Denise Almeida, a Prefeitura escolheu as escolas nas comunidades de maior vulnerabilidade socioeconômica. “Nós temos a obrigação de ir para lá, mesmo que sejam comunidades distantes, mesmo que isso seja cansativo, que tenhamos que sair de casa horas mais cedo para pegar dois ônibus”, afirmou a professora dirigindo-se aos estudantes de Psicologia, presente no lançamento do Projeto Agrega.

A professora Regina Barreira, docente da disciplina de Estágio de Psicologia Escolar, também agradeceu a oportunidade que a Prefeitura está dando aos estudantes da UFGD. “Podemos desenvolver este projeto para abrir um novo campo de trabalho, em que tenhamos uma equipe multidisciplinar nas escolas. Podemos envolver estudantes e profissionais não só da Psicologia, mas da Nutrição, Educação e de todas outras áreas que tenham um objetivo: o desenvolvimento das crianças e adolescentes nessas escolas”.

Projeto Agrega
A parceria entre UFGD e Prefeitura vai acontecer por meio do projeto Agrega, lançado em evento na manhã desta terça-feira, 9 de maio. Participaram da mesa de autoridades o vice-reitor da UFGD, Márcio Eduardo de Barros; a prefeita Délia Razuk; o diretor da Faculdade de Ciências Humanas, Jones Dari Goettert; o pró-reitor de Assuntos Comunitários e Estudantis, Pablo Cristiano Barbosa Lollo; a secretária municipal de Educação, Audrey Milan Conti; e as professoras do curso de Psicologia, Regina Barreira e Denise Almeida.

O vice-reitor Márcio Eduardo Barros destacou que desde a sua fundação, a UFGD teve papel fundamental no desenvolvimento da cidade de Dourados. Com a criação do Núcleo de Relações Interinstitucionais da Prefeitura, se abre um canal de diálogo e de parceira que vai potencializar a capacidade de a universidade retribuir ao município com diferentes atividades e serviços. “A Universidade e a Prefeitura já têm uma parceria muito forte na área da cultura e na agroecologia. A comunidade acadêmica também realiza muitas outras atividades no município, sem um envolvimento institucional com a prefeitura. Temos também o Hospital Universitário da UFGD, que presta atendimento à população com o apoio do município. Então, agora com a abertura da Prefeitura, a nossa parceria tende a crescer”, conta o vice-reitor.

A secretária de Educação Audrey e a prefeita Délia falaram como a Prefeitura precisa fazer parcerias para viabilizar que a população dos bairros mais pobres tenha pleno acesso a educação, saúde, esporte, lazer e cultura. A prefeita afirmou que é necessário um esforço coletivo para levar oportunidade a todas as crianças de Dourados e, assim, construir uma cidade melhor para toda a população. 

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados