Prefeitura de Caarapó promove passeio ciclístico de combate ao trabalho infantil

 A prefeitura de Caarapó, por meio da Secretaria Municipal de Ação Social, vai promover no próximo dia 10 o 2° Passeio Ciclístico em alusão à Campanha Nacional Contra o Trabalho Infantil. O evento terá início às 14h, com concentração dos ciclistas defronte ao Centro de Referência de Assistência Social I (CRAS), antiga Vaca Mecânica.

De acordo com a organização do passeio, os ciclistas vão pedalar até a Praça Mário Martines Ribeiro (Praça Central), onde haverá sorteio de bicicletas para os inscritos com idade entre 6 e 17 anos. As inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 9 na sede da Secretaria de Ação Social e no CRAS I.


A Secretaria Municipal de Ação Social tem fortalecido as ações contra o trabalho infantil e várias atividades vêm sendo promovidas com o objetivo de erradicar essa prática no município. A campanha busca sensibilizar  a população  e alertar a comunidade em geral em seus diferentes núcleos do governo sobre a realidade do trabalho infantil, uma prática que se mantém corriqueira em diversas regiões do Brasil e do mundo.

Com isso, desde 2016, o município recebe recursos do governo federal para potencializar as ações do AEPETI um Programa do governo federal desenvolvido  em parceria com o governo municipal e tem por finalidade contribuir para mobilizar, sensibilizar agentes públicos e comunidade em geral acerca da prevenção e erradicação do trabalho infantil, bem como implementar e executar ações estratégicas no município de Caarapó.

"É importante a participação de todos, para que possamos cumprir a nossa missão de erradicar o trabalho infantil no nosso município, contribuindo para o crescimento saudável das nossas crianças e adolescentes", destacou o prefeito Mário Valério (PR).

Dados do Relatório Mundial sobre Trabalho Infantil 2015, elaborado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), apontam que 168 milhões de crianças realizam trabalho infantil no mundo. No Brasil, 14,4% dos adolescentes entre 15 e 17 anos realizam trabalhos perigosos.

Foto: Divulgação

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados