Reinaldo anuncia que após concurso, Dourados terá Delegacia da Mulher 24 Horas



Compromisso foi feito durante inauguração da sede própria da
Delegacia da Mulher e será implantada após concurso da Polícia Civil

         O governador Reinaldo Azambuja anunciou, durante a inauguração da Delegacia da Mulher de Dourados, segunda-feira (7), que vai implantar o atendimento 24 horas naquela unidade, após a realização de concurso público para novos delegados. "Assim que fizermos o concurso, vou autorizar a ampliação das vagas para essa delegacia funcionar em tempo integral", afirmou.
         Lembrando ser um pedido do deputado Geraldo Resende e do secretário estadual de Segurança José Carlos Barbosa, o governador disse que a ampliação do horário de atendimento vai oferecer mais segurança às mulheres vítimas de violência, que, com o novo prédio passam a ser acolhidas de forma humanizada e especializada.

         Discursaram durante o evento de inauguração, além de Geraldo Resende, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública José Carlos Barbosa; a presidente da Câmara de Vereadores Daniela Weiler; a prefeita Délia Razuk; o deputado estadual Zé Teixeira; a Delegada Titular da DAM – Paula Ribeiro dos Santos Oruê; a subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres Luciana Azambuja e o governador Reinaldo Azambuja. Todos foram unânimes em agradecer a iniciativa do deputado Geraldo Resende em viabilizar os recursos federais que possibilitaram a construção da nova unidade.
         A Delegacia
         A inauguração do novo prédio da Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados coroa uma luta do deputado federal Geraldo Resende, iniciada em 2011, após reunião do parlamentar com profissionais que atuavam no prédio alugado, à época.
Após fazer um levantamento e constatar a situação precária, Geraldo indicou uma emenda de R$ 800 mil no Orçamento Geral da União de 2012, direcionada ao governo do Estado, o qual ficou responsável pelo convênio junto à união, executou o projeto e investiu uma contrapartida de R$ 146.508,78 para aquisição dos móveis.
A área onde a unidade foi edificada fica ao lado do Parque Ambiental do Córrego Rego d'Água e foi doada pela Prefeitura de Dourados. Os trabalhos começaram em junho de 2014, porém sofreram diversas paralisações por razões técnicas e burocráticas.
O novo prédio possui uma área construída de 466,14 m². É composto por espaços para portaria, recepção geral, sanitários para pessoas com deficiência, recepção feminina, brinquedoteca, circulação, triagem, centro de processamento de dados, psicóloga, plantonista,  investigação, depósito de material apreendido, sala para a Polícia Militar, hall, cela para presos no plantão, circulação suspeito, reconhecimento, copa e serviço, assistente social, multiuso, sanitários masculino e Feminino, três cartórios, delegada adjunta, delegada titular, arquivo geral e cartório central.
"Com a inauguração, é possível colocar em prática a proposta de aprimorar o atendimento às mulheres vítimas de violência, num amplo espaço físico, proporcionando conforto tanto ao público alvo quanto aos servidores lotados na unidade", afirma Geraldo Resende.
"Esta edificação era fundamental. Dourados tem centenas de novos processos de violência doméstica todo ano. O Relatório Nacional do Mapa da Violência do Ministério da Justiça de 2014 mostra dados alarmantes nesta cidade. O documento classifica a cidade como a segunda do Estado em número de assassinatos contra mulheres. São números contra os quais devemos lutar com iniciativas como esta, entre outras que haveremos de implementar", conclui.

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados