Atual situação da educação em Dourados nos preocupa, diz Madson

O vereador Madson Valente (DEM), por reiteradas vezes, vem chamando atenção da sociedade douradense com relação a atual situação do sistema educacional do município. Particularmente, o vereador se diz muito preocupado com a situação de insegurança e pelo tratamento hostil que os profissionais desta pasta vêm recebendo do poder executivo municipal.
Madson apontou que o ano de 2017 foi comprometido. "Há uma greve instalada na rede e até o presente momento o governo não vem se manifestando. Há falta de merenda escolar em Ceims, reclamações dos kits escolares e dos materiais didáticos, atrasos de pagamentos, problemas nos contratos de estagiários. São vários problemas, sendo que estes elencados são os mais preocupantes", ressaltou.

Segundo Madson, o recente projeto que impôs perdas de direitos que estavam garantidos, com relação ao piso nacional, foi o estopim para desencadear uma grave crise no município. Visto que o piso nacional está nas metas do PNE (Plano Nacional de Educação) e também nas metas do PME (Plano Municipal de Educação) votada em 2015 e garantido na constituição de 1988, sendo aprovada em 2015 a reposição com prazo de pagamento até 2020.
"O elevado poder autoritário deste governo precisa ser repensado, nossa política educacional precisa persistir na busca de metas. Considero uma grande incoerência que Dourados, por ser polo universitário, venha tratar a Educação Básica de forma tão equivocada", finalizou o vereador.

Legenda: Madson lembra que chamou a atenção para a situação educacional do município
Foto: Tiago Morais

Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados