Projeto que dispõe sobre exploração dos serviços de mototáxi é aprovado na Câmara

Os vereadores de Dourados aprovaram durante a sessão ordinária, desta segunda-feira (30), quatro projetos de lei e três projetos de decreto legislativo. Dentre os de lei foi aprovado com emenda, em segunda discussão e votação, por unanimidade o de nº 2.152/1997 que dispõe sobre a exploração dos serviços de mototáxi, de autoria dos vereadores Bebeto (PR) e Alan Guedes (DEM). O Projeto aumenta o prazo na utilização de motocicletas no serviço de mototáxi em Dourados, considerando o modelo de fabricação, especificado no documento do veículo.
Em primeira discussão e votação o Projeto de Lei de nº 093/2017 de autoria do vereador Olavo Sul (PEN), que dispõe sobre a        proibição da utilização de cerol ou qualquer outro tipo de material cortante nas linhas          de pipas ou similares no âmbito do município foi votado e aprovado.


Dando continuidade aos trabalhos também foi votado o Projeto de Lei nº 105/2017, que Denomina Rua Adelino Cardoso dos Santos, a Rua C, no Jardim Ibirapuera e também o Projeto de Lei nº 107/2017, que Denomina Rua Áurea Azambuja Vedovato, a Rua D, no Jardim Ibirapuera, ambos de autoria do vereador Sérgio Nogueira (PSDB), que também foram aprovados por unanimidade.

Já em única discussão e votação foram aprovados três projetos de Decreto Legislativo, sendo eles o nº 030/2017, que concede Título de Cidadão Douradense a Sérgio Fernando Raimundo Arfouche e o nº 035/2017 que concede Diploma de Honra ao Mérito a Euler Coelho Marques, ambos de autoria do vereador Sergio Nogueira.

Na ocasião também foi votado e aprovado o de nº 034/2017 e autoria do vereador Pedro Pepa (DEM), que          concede Título de Cidadão Douradense a Paulo Ribeiro Silveira.

O projeto de Lei nº 027/2017, de autoria do vereador Alan Guedes, que dispõe sobre a garantia de espaço para associação de moradores em eventos promovidos pelo Poder Público, e dá outras providências, teve pedido de vista e foi retirado da pauta de votação.


Tribuna Livre

Durante a sessão fez o uso da tribuna livre a presidente do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação em Dourados), Gleice Jane Barbosa, que falou sobre o Projeto de Lei nº 023/2017, que alterou o PL 267/2016.  Os vereadores Alan Guedes, Marçal Filho (PSDB), Madson Valente (DEM), Elias Ishy (PT) e Junior Rodrigues (PR) também discorreram sobre o assunto.


Mais lidas

Faculdades de Medicina no Paraguai: Universidade USCA abre 280 vagas para curso de medicina e inscrições já estão abertas.

Veja a relação dos candidatos a vereador em Dourados com número que aparece na urna

Proprietários são notificados para adequação das calçadas em Dourados